Free Hosting

Free Web Hosting with PHP, MySQL, Apache, FTP and more.
Get your Free SubDOMAIN you.6te.net or you.eu5.org or...
Create your account NOW at http://www.freewebhostingarea.com.

Cheap Domains

Cheap Domains
starting at $2.99/year

check

 

Comunidade  "Testemunhas"

   Nota: a comunidade virtual "Testemunhas" encontra-se atualmente desativada, uma vez que já cumpriu os objetivos pelos quais foi aberta e em face do grande número de comunidades similares criadas desde então, em sítios de relacionamento como o "orkut" e outros.

           (Um breve relato de meu ingresso à comunidade, desde meu primeiro contato com o criador dela até a criação de seu novo estatuto e minha participação como moderador. A narrativa abrange um pouco da história pessoal dos idealizadores da lista, bem como da minha própria história. Nesta trajetória, reencontrei pessoas a quem não via por mais de uma década e conheci pessoas novas, por cuja contribuição cheguei a atingir o grau de consciência e informação de que hoje disponho sobre o controle mental exercido pelas religiões)

             (Aqui, você conhecerá, na íntegra, o regulamento que define os objetivos e restrições aos participantes da lista. Sempre o remetemos aos candidatos a membros de nosso foro de debates. Este estatuto foi feito tendo como base o respeito à delicada condição da pessoa recém-excluída da religião Testemunhas de Jeová ou daquela que, ainda membro, passa por conflitos pessoais ou por crise de crédito para com a organização. Por outro lado, visando à objetividade e confiabilidade das informações, buscamos criar mecanismos que evitem as costumeiras armadilhas em que caem aqueles que participam em debates religiosos. Finalmente, cuidamos para que, em nossa sala de debates, não fossem violados, quer as leis do país quer os direitos fundamentais da pessoa humana.) 

 

Mensagens Selecionadas

 

             (Ir a um velório de uma pessoa muito querida e ver seus parentes próximos tranqüilos, serenos, sem derramar uma lágrima pareceria estranho para a maioria das pessoas. Contudo, se o velório for de uma Testemunha de Jeová, tal atitude por parte dos parentes, ao invés de ser criticada pelos demais adeptos, poderia parecer aos olhos de muitos deles como evidência de "força" espiritual e fé. Talvez houvesse até elogios. Por outro lado, choro excessivo ou desesperado e depressão forte pareceriam "mau exemplo". O que faz com que seja assim? Examine este artigo e saiba por quê.)

 

             (As Testemunhas de Jeová têm usado, por décadas, a sua própria versão da Bíblia, chamada Tradução do Novo Mundo - um trabalho pouco prestigiado entre os peritos em línguas mortas. Uma particularidade desta obra é a inserção da palavra 'Jeová'  - uma forma latinizada para o tetragrama, ou seja, o nome divino em hebraico - 237 vezes no Novo Testamento, no lugar do termo 'Senhor'. A despeito de tal procedimento entrar em choque com todas as evidências arqueológicas disponíveis  - os manuscritos cristãos dos primeiros séculos-, não sendo endossado pelos mais respeitados eruditos em traduções da Bíblia, ainda assim os autores da TNM alegam  relevantes razões de ordem teológica. Muito embora esta pareça ser uma questão de menor importância para a maioria das religiões, trata-se de pilar doutrinal das Testemunhas, sobre o qual elas se apóiam para reivindicar o título de "restauradores" do nome de Deus - uma prerrogativa acima das demais denominações religiosas. Assim sendo, em razão de suas implicações, o assunto reveste-se do maior significado e certamente merece ser examinado em seus pormenores. O leitor verá agora a transcrição de trechos de um debate entre dois membros da lista "Testemunhas" sobre este fascinante tema. Boa leitura!)

 

 

 

      (Trecho de uma mensagem enviada a um membro TJ da mail list - identificado por "H." - no qual faço uma análise profunda e detalhada sobre os primórdios da Sociedade Torre de Vigia,  incluindo suas declarações bombásticas - de Russel a F. Franz - sua previsões frustradas para o fim do mundo, suas interpretações bizarras da Bíblia, sua literatura obsoleta e suas tentativas de 'sanear' ou ocultar tais episódios. Com provas documentais e tudo, recomendo a leitura deste artigo, de modo que você, leitor, adquirira base para a compreensão de outras mensagens nesta seção . Pouquíssimas Testemunhas de Jeová, hoje, têm conhecimento destes temas. Um leitura, deveras, fascinante!)

 

         (Sem dúvida, este é um dos documentos mais chocantes que já vi. Quase nenhuma Testemunha de Jeová, hoje em dia, tem conhecimento da existência ou do teor desta carta que a Sociedade Torre de Vigia enviou a Adolf Hitler, em 1933, em uma tentativa de apaziguar o ditador nazista. Seu conteúdo, bastante hostil aos Estados Unidos e aos judeus e, ao mesmo tempo, gentil e amigável ao governo nazista da Alemanha, chegou ao ponto de causar um enorme mal estar entre os próprios 'irmãos' que se reuniram em uma assembléia extraordinária em Berlim, naquele ano, com a presença de J. Rutherford, o 2o. presidente da entidade e co-autor da carta. Fiquei impressionado ao traduzi-la no ano passado e enviei seu conteúdo, bem como meus comentários aos membros da mail list. Creio que você também ficará espantado...)

 

            (W. Salter era o responsável pela filial da Sociedade Torre de Vigia no Canadá. Foi, por anos, amigo pessoal do 2o. Presidente da entidade, Joseph Rutherford, e, portanto, conhecedor dos bastidores da Organização. Pouco a pouco, divergências ideológicas entre os dois acabaram por culminar no rompimento de relações entre eles e na destituição de Salter de seu cargo, em 1937. A partir daí, Rutherford passou a fomentar a hostilidade das Testemunhas de Jeová contra ele, até comparando-o ao ladrão Acã, mencionado no livro bíblico de Josué. Em resposta, diversas pessoas, como demonstração de lealdade ao presidente,  assumiram o compromisso de rasgar, sem ler, todo documento escrito por Salter. Assim sendo, o conteúdo desta carta pessoal dele ao presidente da Sociedade Torre de Vigia permaneceu oculto aos olhos da maioria das Testemunhas de Jeová até os dias atuais. Há poucos meses eu a traduzi e enviei à nossa mail list. É o que se pode chamar de uma lavagem pública de roupa suja. Imperdível!!!)

 

                  (A doutrina das Testemunhas de Jeová, segundo a qual as transfusões de sangue são um pecado contra Deus, é bem conhecida do público em geral. O que provavelmente não é do conhecimento das pessoas é o alto tributo em vidas que este ensinamento tem cobrado. Faz você, leitor, alguma idéia do número de mortes que já ocorreram em razão da intransigência religiosa do Corpo Governante? Convido-o agora a examinar por si mesmo os números deste autêntico holocausto. Enquanto lê, pergunte-se: e se fosse meu filho ou minha mãe? E eu mesmo pergunto: quanto tempo e quantas vidas mais serão necessárias até que esta entidade religiosa compreenda que já basta de mortes em troca de uma doutrina que nem ela própria consegue manter intocada entre seus próprios adeptos???)

 

                   (O comovente depoimento de um homem que, tendo de escolher entre a vida de seu filho e um dogma religioso, optou por preservar a vida do menino, sendo, em razão disso, execrado perante seus concrentes e oprimido pelos dirigentes desta mesma religião. Não suportando a pressão, acabou por ter um colapso nervoso - do qual resultou um ataque cardíaco que quase lhe custou a vida. Todavia, nem mesmo hospitalizado, foi ele poupado da engrenagem judicial das Testemunhas de Jeová. Aqui você verá uma impressionante seqüência de relatos dramáticos - em lágrimas - tanto dele como de seu irmão, além de mensagens de apoio dos membros da lista, penalizados com esta autêntica via crucis. Um exemplo lamentável de como a invasão de consciência e o autoritarismo religioso massacram pessoas e destroem vidas...)

 

         (Uma mensagem curta sobre a delicada questão do sangue, a qual enviei a uma pessoa que, tendo vivido um drama pessoal com relação ao uso de uma transfusão,  pedia informações sobre o assunto. Além do aspecto ético, abordei também o contexto histórico a partir do qual floresceu tal doutrina - uma época em que a medicina era atacada na literatura da Sociedade Torre de Vigia e até a vacinação era proibida às Testemunhas de Jeová. Confira.)

 

Introdução     Debate 1   Debate 2  

Debate 3     Debate 4   Debate 5  

Debate 6     Debate 7   Conclusão  

Despedida

              (A mais empolgante seqüência de debates entre mim e um ex-membro da lista, adepto e ferrenho defensor da Sociedade da Sociedade Torre de Vigia. Por razões de conveniência, nós o chamaremos pelo nome de Hermman. Ele é uma Testemunha de Jeová dedicada e mais bem informada do que a maioria. Assim sendo, travamos um respeitoso "duelo" de informações, sendo eu o acusador e ele, o advogado de defesa das crenças de  sua religião. Se você é membro da religião ou simpatizante, terá a rara oportunidade de ver como um membro dela se defende das denúncias que fazemos. Os temas são os mais diversos, desde os primórdios da Organização e suas doutrinas até o uso atual do nome "Jeová". Ao final, ele chega a conclusões bem interessantes e, infelizmente, pede sua exclusão da lista. Você não pode deixar de ler!) 

 

                (Esta é uma comovente troca de mensagens entre mim e uma família emocionalmente abalada pela opressão oriunda do legalismo da Sociedade Torre de Vigia. Este senhor era continuamente pressionado pelos anciãos de sua congregação a impor as rígidas normas da religião à sua filha - já adulta - sob pena de severas punições. Neste processo, a reputação destas pessoas acabou maculada pela maledicência daqueles que, se dizendo 'cristãos', deixaram de demonstrar a maior prova do cristianismo, o amor. A pressão chegou ao ponto de a família, angustiada, preferir afastar-se da religião e viajar ao exterior, a fim de se refazer emocionalmente. A reação deles à minha mensagem entrou para o histórico de nossa lista como um dos momentos mais emocionantes.)

 

            (As reflexões e desabafos de um homem diante de uma séria crise em sua vida. Após descobrir falhas morais e doutrinais graves na religião à qual ele e sua família haviam abraçado por muitos anos, sente-se desiludido - tendo de escolher entre sufocar estas descobertas em seu íntimo e, assim, manter-se nas boas graças da família e da congregação, ou exercer seu livre-arbítrio, agindo de acordo com sua consciência,e pagar um altíssimo preço. Infelizmente, dramas assim vêm se desenrolando com freqüência crescente entre as Testemunhas de Jeová. Talvez as reflexões dele venham ao encontro das suas, leitor...) 

 

             (Uma senhora, aflita, enviou-nos uma mensagem, na qual nos contava de sua conturbada vida conjugal. Atormentada por uma transgressão cometida por volta da época em que se casou, viu-se obrigada, por força da religião, a confessar seu erro ao marido - já passados diversos anos desde a transgressão - o que veio a desestabilizar seu casamento e culminou em divórcio. Tempos depois, passou a sentir-se perturbada por sentimentos de culpa quanto a vir a ter outro cônjuge sem perder a aprovação de Deus. Procurei prover-lhe conforto emocional e, ao mesmo tempo, teci considerações sobre o cristianismo e o divórcio. Um assunto interessantíssimo!)

 

              (Um desconhecido - provavelmente uma Testemunha de Jeová - identificando-se com o 'singelo' pseudônimo de "Geco de Muro",  enviou-me uma mensagem em tom ameaçador, fazendo observações policialescas e mencionando a lei de direitos autorais. Aqui, você verá a íntegra da patética mensagem e a resposta que certamente ele não esperava receber e para a qual jamais me enviou qualquer refutação...)

 

                    ( Há algum tempo têm-nos chegado rumores da existência de uma comissão 'secreta', designada pela Sociedade Torre de Vigia com a missão de infiltrar-se pelos sites e mail lists ditos "apóstatas", na tentativa de rastrear Testemunhas de Jeová "desgarradas" e excomungá-las. Tais rumores nos chegam do estrangeiro e, à base de fatos recentes, temos razões para suspeitar que têm fundamento. Em nossa própria lista, um dos participantes tornou-se suspeito e enviei-lhe esta mensagem.)

 

                     (Durante um certo período, assisti a debates sobre o comportamento de ex-Testemunhas de Jeová - em alguns casos, bastante reprovável. A partir disso, algumas generalizações foram feitas e achei conveniente traçar um paralelo entre os excessos cometidos pelos que ainda são membros da religião e pelos que a deixaram. Para isto, lancei mão de evidências documentais.)

 

          (Esta foi uma mensagem que enviei a um membro de mail list - identificado por "F." - o qual, após algum tempo em nosso convívio, decidiu pedir sua exclusão e, ao fazê-lo, teceu fortes críticas ao nosso trabalho de investigação e divulgação - chamando-nos de 'testemunhas do moderador' - e afirmando que iria se entregar ao corpo de anciãos de sua congregação, submeter-se à sua disciplina e sujeitar-se àquela que ainda entendia ser a 'Organização de Deus'. Refutei algumas de suas afirmações e disse temer por seu futuro na congregação. Curiosamente, tempos depois, ele foi desassociado por 'apostasia' e solicitou sua reinclusão na lista - a mesma que havia deixado em meio a duras críticas, tempos atrás...)

 

         (Um breve relato sobre uma experiência que tive ao ser visitado numa manhã de domingo por um publicador das Testemunhas de Jeová, bem como minha tentativa vã de estabelecer um diálogo sobre sua religião. Ele chegou ao ponto de me dizer que poderia falar sobre qualquer assunto, MENOS RELIGIÃO. O mais hilariante de tudo é que foi exatamente para falar de religião que ele veio à minha porta...)

 

            (Quatro mensagens que enviei a esta mail list sobre o tema da proibição do serviço militar às Testemunhas de Jeová, seus aspectos jurídicos e éticos, bem como uma lista completa da documentação necessária para se reaver os direitos políticos, perdidos por ocasião da eximição do serviço militar. Um serviço de utilidade pública.)

 

 

| Home | Apresentação | Dossiê | História | Doutrinas | Previsões | Medicina | O Nome de Deus  |
| Ocultismo | Atualidades | Mail List  | Depoimentos | Links | Correspondência | Início |